Foto

Ticumbi Itaúnas

Rio Itaúnas - Francisco Neto

Foto 1 de 19

Ponte - Francisco Neto

Foto 2 de 19

Enfeites - Francisco Neto

Foto 3 de 19

São Sebastião - Francisco Neto

Foto 4 de 19

Religiosidade - Francisco Neto

Foto 5 de 19

Orquestra de pandeiros - Francisco Neto

Foto 6 de 19

Geração em Geração - Francisco Neto

Foto 7 de 19

Bailado - Francisco Neto

Foto 8 de 19

Capelinha - Francisco Neto

Foto 9 de 19

Celebração - Francisco Neto

Foto 10 de 19

Pelas Ruas - Francisco Neto

Foto 11 de 19

Mini Ticumbi - Francisco Neto

Foto 12 de 19

Umas notinhas sobrando - Francisco Neto

Foto 13 de 19

Céu - Francisco Neto

Foto 14 de 19

Dunas - Francisco Neto

Foto 15 de 19

Detalhe - Francisco Neto

Foto 16 de 19

Pescadores - Francisco Neto

Foto 17 de 19

Calça Anil - Francisco Neto

Foto 18 de 19

Alardo - Francisco Neto

Foto 19 de 19

Quando participei das filmagens e cinegrafia do documentário Últimos Refúgios: Itaúnas, fortaleci os laços com esse pequeno vilarejo que conheci ainda adolescente. Nas entrevistas e passeios pelo Parque Estadual de Itaúnas, ouvi falar da festa do Ticumbi que instigava rivalidades entre os diferentes grupos existentes na vila.

O Ticumbi é uma festa tradicional religiosa celebrada há mais de 300 anos em Itaúnas. Essa manifestação folclórica ocorre anualmente entre os dias 19 e 20 de janeiro e guarda suas tradições antigas vindas da África.

O vilarejo que é conhecido por suas noites de forró, se enfeita com flores coloridas e fitas, e os grupos trajados como numa Folia de Reis, ou com meros trajes de pescadores com calças azul anil, saem em fila como uma orquestra de pandeiros, acompanhada por sanfonas e tambores, espalhando alegria pela Vila de Itaúnas e homenageando os santos São Benedito e São Sebastião.

Quero receber mais informações do coletivo

Creative Commons License by-nc-nd Expurgação 2007-2015