Blog

Os limites da autoralidade nas obras de Felipe Borba

Por Paulo Gois

No próximo dia 23 de agosto, a Rua da Lama, em Jardim da Penha, receberá as intervenções do artista plástico e ativista Filipe Borba. A partir das 19h, o Bar Cochicho da Penha será o espaço para a exposição Cosmo Commons que reúne criações do artista.  

Os trabalhos a serem apresentados misturam as técnicas de desenho, pintura e colagem, e buscam tencionar os limites da autoralidade e da propriedade criativa – é que as obras expostas estarão à venda no local da exposição (originais e cópias) e também disponíveis para download gratuito na internet sob a licença Creative Commons*.

Por meio de intervenções, a exposição também ocupará outros espaços da Rua da Lama. Entre as ações, está prevista uma projeção feita a partir da bicicleta do artista que ficará estacionada no canteiro central da Rua da Lama. Cosmo Commons é, portanto, mais do que uma simples mostra de trabalhos. Trata-se de uma exposição-instalação-intervenção que mistura elementos diversos do universo do artista.

* O Creative Commons são licenças que abrangem um espectro de possibilidades entre a proibição total dos usos sobre uma obra – todos os direitos reservados – e o domínio público – nenhum direito reservado. Essas licenças ajudam autores de obras intelectuais e/ou artísticas a terem o seu direito autoral respeitado ao mesmo tempo em que é permitido certos usos de suas obras. Trata-se de um licenciamento com alguns direitos reservados.

Serviço:

Exposição Cosmo Commons de Filipe Borba

Local: Bar Cochicho da Penha – Rua da Lama – Jardim da Penha – Vitória

Abertura: 23 de agosto (quinta-feira), às 19 h / Trabalhos expostos até 23 de setembro de 2012

Exposição online: cosmocommons.com e www.chinfra.com (disponível a partir do dia 23 de agosto de 2012)

Bate-papo com o artista: dia 24 de agosto (sexta-feira), às 18h, no Bar Cochicho da Penha

Quero receber mais informações do coletivo

Creative Commons License by-nc-nd Expurgação 2007-2015