Blog

Introdução a Birmingham

Como parte da série de posts, iniciados a partir das atividades desenvolvidas pelo Expurgação nos festivais Espirito Paris (Saint-Denis) e Espirito Brum (Birmingham), passamos agora para os relatos das experiências em solos britânicos.

Passadas duas semanas, imersos dentro do prédio do Le6b, em Saint-Denis, partimos para outra experiência dentro da turnê européia, a participação no festival Espirito Brum, em Birmingham, Inglaterra. O evento aconteceu de 11 a 16 de setembro em 7 diferentes locais, em distintas regiões da cidade: desde pubs e cafés históricos, até modernas áreas culturais, como a The Custard Factory, um quarteirão inteiro ocupado por mais de 500 artistas e pequenas empresas criativas com seus respectivos estúdios e escritórios. Tudo isso ainda complementado de um teatro, café, lojas de antiguidades, salas de reuniões, estúdios de dança, galerias de arte, bares e restaurantes.

A participação do Expurgação no evento foi mais direcionada à parte audiovisual da programação. Ficamos responsáveis pela exposição de vídeos produzidos pelo coletivo, dentre eles o vídeo “Casa Catraia” em parceria com o coletivo Friction Arts. Desenvolvemos e produzimos, também, a exposição de 3 fotografias de Leonardo Merçon (Instituto Últimos Refúgios) dentro do PST, um dos locais mais importantes dentro do cenário de música underground da cidade e que fazia parte da programação oficial do evento.

Participamos também da performance da artista capixaba Rubiane Maia, além de “Jam sessions” no palco do The Edge no último dia da programação do festival, que culminou na mistura de samba, jazz, salsa, rock, música indiana, rap, dub e outros diversos ritmos.

Passaram ainda pelo festival os artistas brasileiros: DRAGÕES DE KOMODO, DJ SWITCH, TIÃODUÁ, DEA TRANCOSO, GUSTAVITO, LUIZ GABRIEL LOPES, GUIDUB E WANDERSON LOPEZ

Quero receber mais informações do coletivo

Creative Commons License by-nc-nd Expurgação 2007-2015