Blog

Contínuo

Tão só sinto a noite
sentado espero algo que
não diga… não saiba
e deixo ir, a tristeza
também foi junto
a Lua sabe, eu sei
mas tudo ou nada
nem sempre é algo
Algo que valha
algumas linhas,
palavras mortas
existem no nascimento
na tinta e no papel
mas logo se perdem
nas idéias, nas cabeças
cabeças que pensam
pensam pensam pensam
que são, que vão
O que? Para onde?
e ainda penso
e ainda só
e ainda
e ain
e 

Quero receber mais informações do coletivo

Creative Commons License by-nc-nd Expurgação 2007-2015