Blog

BYE-BYE SITAR CHICONAUTA

Chiconauta, nosso correspontente internacional, vai até a Índia para nos mostrar um pouco da exótica cultura Oriental. Ele conta que desde que despertou novamente para a música, em 2007, passou a procurar novas referências pelo mundo através da internet, muitas delas indianas.

“Graças à internet, descobri diversos artistas indianos como: Ravi ShankarVilayat KhanNikhil BanerjeeGeorge HarrisonAnoushka ShankarAnanda Shankar, entre muitos outros.”

Chiconauta comprou uma Cítara Indiana, e começou a explorar o instrumento. Agora, pretende aprimorar o seu talento entrando em contato com músicos e artistas indianos.

“A idéia de aprender a tocar Sitar ou Cítara Indiana saiu de uma expurgada em uma praia de Florianópolis. Um amigo Boi (Huemerson Leal, Unhaal) abriu a afinação do violão pra gastar. Então vimos que um simples toque vibrava tudo em volta.”

Ele explica que a música indiana é uma música livre, que não tem a mesma estrutura rígida da nossa música ocidental.

“Permite outras harmonias, acordes e nuances, tornando-se infinita em termos de possibilidades. Mas depois eu percebi que a música ocidental também é assim, graças ao conhecimento que adquiri sobre música indiana notei isso.”

Bangalore, ou Bangaluru como é dito por lá, será a primeira cidade a ser explorada. Conhecida pelos avanços em engenharia e pelos estudos em tecnologia, Bangalore é o resultado do intercâmbio de jovens indianos que, após concluírem seus estudos na Europa, retornaram às origens transformando o panorama urbano e cultural. Chicownauta está animado, e também um pouco apreensivo.

“Espero me manter ocupado enquanto estiver lá. Quero produzir vídeos, fotos, tocar e viajar pelo país. Espero conhecer mais a religião, a história e a cultura dessa civilização milenar. E o que vier é lucro, sempre no on the flow.”

Nosso site vai acompanhar os passos do expurgador, é só ficar ligado!

Quero receber mais informações do coletivo

Creative Commons License by-nc-nd Expurgação 2007-2015